Crítica de Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald

    O Fantástico não vence o Crime.

    65

    A Sara e o Gui foram ver um dos filmes mais antecipados do ano, Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, a sequela da prequela de uma das propriedades mais amadas por gerações de crianças.

    Mas será que o filme corresponde ao hype ou sucumbiu debaixo do peso crescente de um universo partilhado? Será que os monstros são assim tão fantásticos e será que os Grindelwalds são mesmo assim tão criminosos?