“Irreconcilable Differences”

Irreconcilable Differences” é o termo usado nos contratos de divórcio quando se dizem as razões pelas quais se estão a divorciar. E foi isto que aconteceu. Um divórcio da equipa Arrow.

As coisas já antes estavam tensas e com a notícia que alguém na equipa ia testemunhar contra Oliver só fez pior. Todos os ajudantes da equipa Arrow saíram pelos seus motivos e pelos vistos vão criar uma equipa Arrow só deles. Como é que eu sei disto? Porque vi o anúncio do episódio 10 e Arrow só volta em Janeiro. Mas enfim vamos ter duas equipas Arrow a trabalhar ao mesmo tempo enquanto temos a equipa de malvados espécie Legion of Doom do outro lado da batalha. São um grupo junto para fazer frente à equipa de Green Arrow. Temos o Vigilante que a razão dele é que Oliver não faz o que é realmente necessário para a cidade. Cayden James que está lá como o principal que culpa Oliver pela morte do seu filho. Eu aposto que ainda vamos ver o seu filho vivo.

  Abriu A Guerra Entre Os Serviços De Streaming! | HYPE

Não esquecer Richard Dragon que também está lá. O vendedor de droga que Diggle conheceu quando andava a injectar se. Este deve ser inimigo directo de Diggle porque foi graças a ele que Richard foi para a prisão. Black Canary começou a mostrar simpatia pelo Quentin ao deixá-lo fugir. Pode ser que até ao final da temporada ela volte a ser boazinha juntamente com o Vigilante.

Gostei que no início do episódio eles fizeram uma semi-referência ao Roy. Já agora no Instagram do ator ele mostrou há umas semanas que estava em Vancover, Canada onde Arrow é filmado portanto pode haver um regresso de Roy à série. Também houve uma referência ao Dj que Thea namorou que mais tarde revelou que era um membro da Liga dos Assassinos. O pai da Felicity , Calculator voltou neste episódio. Parece que não está a ser super malvado agora mesmo mas visto que é um vilão só quando lhe favorece e não porque é a moral dele pode ser que ele volte mais tarde para ajudar.

  Primeiras Impressões Da 1ª Temporada De Titans

Mesmo que a separação da equipa tenha sido um bocado estranha estou feliz por isto porque assim vamos poder ver a equipa original com Oliver no fato. Já agora de zero a dez quanto achas que Lyla vai estar chateada quando souber que o seu marido ajudou Oliver a infiltrar e roubar algo das instalações de Argus? Eu diria doze e meio no mínimo e para John não há escala para ele. Mas gostei do estilo de Missão Impossível que estava a ir a parte de infiltração. Tínhamos Curtis e Rene a distraírem os guardas enquanto estão vestidos de empregados de limpeza e tínhamos Oliver pendurado por um fio a roubar o aparelho.

Uma coisa que não percebo é como é que Oliver estando a ser investigado pelo FBI ainda pode ser o presidente de Star City. Não há nenhuma lei que impeça isso ou isto é algo de série mesmo e é suposto acreditarmos? Também já que estou a falar sobre isso fiquei surpreendido que quando houve aquele line up dos vilões todos até agora não ver a agente do FBI. Até agora é a única mesmo que odeio nesta temporada. Não vê-la como vilã só me fez rir um bocadinho.

O final deste episódio não acabou num momento chocante mas por outro lado é preparação da história que vem ainda. Pareceu-me muito calmo relativamente às coisas todas que mostraram e a única conclusão a que posso chegar é que querem guardar as surpresas para a segunda metade da temporada.

Que achaste deste episódio?