“Kitten”

Este episódio teve várias camadas de momentos em que fiquei “Oh caraças!” Primeiro, por que raio é que o filho tem a cara chapada do pai? Foi uma maneira de reutilizarem Haley Joel Osment? Devem-lhe ter pago bem demais para ele fazer só uma personagem. Osment faz o papel de Davey e também do pai durante os flashbacks do tempo dele e de Skinner no Vietname. O nosso jovem que via mortos quando andava com Bruce Willis agora vê monstros em Ficheiros Secretos.

“Já se perguntaram por que é que depois de trinta e cinco anos, Walter Skinner não está sentado deste lado da secretária?”

É com este mistério que damos início ao episódio desta semana. Uma espécie de “e se Skinner tivesse dado de frosques?”. É verdade que esta temporada já o vimos juntamente com o Smoking Man e de certa forma esta temporada está a tratar Skinner como uma espécie de antagonista. E apesar de a personagem não despertar o mesmo interesse que temos pelas personagens de Mulder e Scully, por que razão escrever um episódio focado nele?

Não é como se já não o tivessem feito antes, já demos uma espreitadela na vida amorosa dele em tempos. Mas na minha opinião, esta história tem uma graça diferente. Se curtes teorias da conspiração, então melhor ainda, porque decerto adoraste o discurso de Davey sobre como o governo pode controlar a população utilizando apenas um gás. Ele não fala apenas sobre isso, como garante que efetivamente já está a acontecer.

Aliás, a prova disso é que o pessoal todo da cidade vai ter dentes extra para pôr debaixo da almofada. Vão levar a fada dos dentes à falência. Isso e claro, o avião que é carregado com algo que vem numa caixa demasiado parecida com aquela que Skinner teve de carregar no Vietname, dando-nos o sinal de que efetivamente o governo está a tentar manipular a população. Agora será que esta questão vai ficar assim em aberto? Ou será que voltaremos a tocar no assunto mais para a frente?

Então e o homem que estava enforcado no meio da mata e ninguém vê? E o filho deixa-o lá pendurado a servir de decoração de Carnaval? O pai claramente não regulava bem devido à elevada exposição a compostos químicos e etc, mas o filho não fica muito atrás! Tudo graças ao bom trabalho de interpretação de Osment que consegue fazer-nos crer que Davey pode explodir a qualquer segundo, até mesmo quando estão simplesmente a conversar dentro da sua pequena caravana e ele tem o facalhão consigo escondido.

Há quanto tempo o puto planeava vingar-se de Skinner? E que raio de pessoa guarda um fato daqueles no armário? Tenho tantas mas tantas perguntas! Se o xerife estava tão empenhado em encontrar o responsável, porque é que não cooperou com Mulder ou Scully? Qual era a ideia em meter o Trigger Davis ali naquele banco de jardim? Foi só para criar aquele ambiente de que algo de estranho se passava na cidade? Muitas das personagens não têm grande utilidade.

Porque é que Skinner perdeu um dente? Ele esteve assim tanto tempo em Mud Lick? A exposição ao gás provoca aquilo mais rápido do que pensamos? Ele também esteve exposto ao gás no Vietname, de que forma isso influenciou a sua vida?  Vamos esperar que ele ainda tenha os dentes todos da próxima vez que o virmos.

Quando é achas que voltamos a ver o Smoking Man?

COMENTÁRIOS